Alê Oliveira é demitido da Energia 97

Alê Oliveira é demitido da Energia 97
reprodução Instagram

Por Danielle Barbosa, Torcedores.com
Colaboração: Emilcio Zuliani

Cerca de três meses depois de oficializar seu desligamento da TNT Sports, Alê Oliveira comunicou nesta terça-feira (10) sua demissão da rádio ‘Energia 97, onde participava do programa esportivo ‘Estádio 97’. De acordo com o comentarista, a decisão partiu da própria empresa.

Jogador demitido não olha pra foto! Muito obrigado Energia/Estádio 97 por esses 5 anos de aprendizado, risadas , zoeira e bagunça! Agradeço aos ouvintes, integrantes e diretoria pela oportunidade! Infelizmente, por decisão da rádio, não faço mais parte do bonde! Segue o jogo, sem falatório!”, escreveu Alê Oliveira nas redes sociais.

Em comentários no YouTube e outras redes, como Twitter e Instagram, muitos ouvintes do programa apontaram um desentendimento com o comentarista Gilberto Rodriguez, mais conhecido como Portuga, como principal motivo da demissão de Alê Oliveira. Segundo comunicado divulgado no perfil do ‘Estádio 97’, a despedida “não foi um escolha entre um ou outro apresentador”, e o motivo do desligamento foi um “desacordo exclusivamente pertinente a relação entre empresa e colaborador”.
 

Alê Olivera conta sua versão sobre a demissão do programa ‘Estádio 97’:

Durante live no YouTube, ao lado de Thiago Asmar e Rica Perrone, onde fazem o programa ‘Cancelados’, Alê Oliveira deu sua versão sobre seu desligamento da rádio e confirmou que o desentendimento com outro integrante da rádio foi o que motivou sua demissão. “A forma que eu fui comunicado foi muito cruel. Quando eu fui comunicado [da demissão], eu fiz uma postagem agradecendo pelo cinco anos de Estádio 97, só que aí num oportunismo bem barato, os caras pegaram a minha mensagem pra dizer que a saída foi num boa e que não teve nada a ver com nenhum integrante. Isso é mentira”.

O programa [Estádio 97] é um comentarista zoando o time do outro, mas como eu não me manifesto com relação ao meu time, tinha a liberdade de zoar todos os integrantes e todos os times. Foi o que eu me propus a fazer e era o combinado. Ai eu entrei no programa na quinta-feira [5 de agosto] pra fazer isso. Eu fiz isso aproveitando a Olimpíada e a nossa rivalidade com a Argentina. Eu fiz uma brincadeira, como é a proposta do programa, e um dos integrantes [o Portuga] começou a ficar nervoso. Eu não sabia que o cara não gostava de mim. O cara manifestou um ódio tão grande… antes do Sombra explodir, e pra mim de forma desnecessária, eu falei ‘eu só brinco com quem eu gosto. Te amo, Portuga’, inclusive para amenizar a situação, porque eu vi que ele estava nervoso. Aí o Sombra [Hilton Malta] explodiu injustamente. E eu falei isso pra ele e para o dono da rádio.

Ale Oliveira contou ainda que teve problemas para participar do programa na segunda-feira, já depois do ocorrido com Sombra e Portuga. “Na segunda-feira [2 de agosto], eu já tinha avisado que na sexta-feira [dia 6] eu teria um evento em Londrina e não poderia fazer o programa, só que Sombra não avisou o dono da rádio. Na segunda-feira (9) eu entrei no programa achando que iria fazer o programa normalmente. Já tinha até esquecido o que tinha passado, mas aí me falaram que pra pegar o link pra entrar no programa eu teria que falar com o dono da rádio. Eu liguei para o dono pra perguntar o que estava acontecendo e ele falou que eu havia faltado na sexta. Eu mostrei o print da mensagem que eu mandei para o Sombra. O dono da rádio mandou eu entrar no programa, mas pediu para eu fingir que não tinha acontecido nada. Eu entrei no programa, tinha uns 15 minutos [de transmissão] já por causa dessa história de pegar o link, e esse mesmo integrante [Portuga] me deu duas porradas. Em uma delas, ele falou do time masculino de vôlei da Argentina, que ganhou a medalha de bronze [diante do Brasil], sendo que nós temos três de ouro. (…) Eu tentei falar algumas vezes durante o programa, mas não conseguiu. Acabou minha internet e eu saí.

O Sombra me mandou uma mensagem dizendo que não tem mais clima pra ficar eu e o Portuga no programa, e se ele quiser eu posto o print, e então que eles não contavam mais com os meus serviços de convidado. Estava cinco anos como convidado. Ele me mandou essa mensagem e me bloqueou no WhatsApp. Ai eu fui no dono da rádio e estava bloqueado também.”, completou.