Jornalista Nelson Nunes é o novo presidente da ACEESP

Jornalista Nelson Nunes é o novo presidente da ACEESP
divulgação

Eleito por aclamação pela assembleia-geral realizada em 21 de fevereiro, o jornalista Nelson Nunes assumiu na sexta-feira (25 de março) a presidência da Associação dos Cronistas Esportivos do Estado de São Paulo – ACEESP. O jornalista Wagner Prado é o novo vice-presidente. Com mandato de três anos, a nova diretoria substituirá a gestão dos jornalistas Erick Castelhero (presidente) e Maurício Noriega (vice), que estavam à frente da entidade desde 2016.

Nelson Nunes é sócio da ACEESP desde 1990 (matrícula número 221) e vem participando da gestão da entidade desde o mandato de Ennio Rodrigues (1992-1995). “Nosso objetivo é dar continuidade ao excelente trabalho desenvolvido por Erick e Noriega, com o desafio de manter a independência financeira da entidade, que desde 2004, não conta com qualquer tipo de verba pública ou privada proveniente de clubes e federações”, afirma o novo presidente.

A ACEESP faz a sua parte na organização do trabalho dos jornalistas e é respeitada em seus posicionamentos junto às instituições. Agradeço a todos que colaboraram ao logo desses últimos anos e sigo à disposição da nova diretoria”, declara Erick Castelhero, que agora vai seguir como presidente da ACEB – Associação dos Cronistas Esportivos do Brasil.

PERFIL – Nelson Nunes é paulistano, tem 62 anos (23/03/1960) e ingressou no jornalismo em 1979, na então versão impressa do jornal A Gazeta Esportiva. Do início como estagiário chegou ao posto de editor-chefe do jornal, tendo inclusive ganho o Prêmio Esso de Jornalismo Esportivo em 1985. Da Gazeta se transferiu, 11 anos depois, para o Diário Popular. Na icônica redação da Rua Major Quedinho trilhou uma carreira de 23 anos, passando pela reportagem, pauta e edição do Caderno de Esportes até chegar ao posto de editor-chefe, e em seguida diretor de redação no período em que o jornal passou a ser controlado pela Infoglobo e mudou o nome para Diário de S. Paulo.

Ao longo dessa trajetória, cobriu as Copas do Mundo do México-86, Itália-90 e Estados Unidos-94. Como editor de esportes, coordenou as coberturas de todos os mundiais que se sucederam até a Copa de 2010. Como editor do Caderno de Esportes, liderou as equipes que ganharam o Troféu ACEESP em três edições. Atualmente, atua como consultor de mídia impressa em projetos editoriais no Brasil e no Exterior.

CLIQUE AQUI para conhecer toda a diretoria 2022/2024.


FONTE: ACEESP