Marcos Sabino comemora 40 anos do álbum "Reluz"

Marcos Sabino comemora 40 anos do álbum "Reluz"
reprodução internet

O ano de 1982 foi o grande ano do cantor e compositor Marcos Sabino. “Reluz” estourou nas rádios e programas de televisão do Brasil, indo de Norte a Sul, num sucesso sem precedentes para um artista tão jovem (23 anos). Quarenta anos depois, o trabalho volta a despertar interesse, desta vez na internet, e se renova através das plataformas de streamings e redes sociais, reencontrando o público em um vídeo que viralizou nos grupos de MPB do Facebook, com mais de 700 mil visualizações em apenas uma semana.

Com a faixa-título, Marcos Sabino cantou e encantou em diferentes palcos, para diferentes públicos. Tanto jovens quanto adultos se emocionaram com “Reluz”, cuja composição foi feita por ele próprio, quando tinha apenas 15 anos de idade. Embora um grande compositor, como provou com “Reluz”, Sabino contou neste disco com um time magnífico de parceiros musicais.

Compositores como Aloysio Reis e Humberto de Rezende – que vinham com ele desde o grupo “O Circo” – até nomes como Dalto e Luiz Eduardo Farah. Na equipe de músicos, só gente talentosa como Lincoln Olivetti, Robson Jorge, Jamil Joanes e as encantadoras backing vocals, Marise de Rezende e Simiana.

“Reluz” figura em listas das músicas mais executadas da década de 80 ao lado de nomes como Caetano Veloso, Lulu Santos, Dalto, Guilherme Arantes e Rita Lee. Era presença constante em programas populares como Chacrinha, Clube do Bolinha, Perdidos na Noite e Fantástico.

Nas rádios brasileiras, marcou como uma das músicas responsáveis pela popularização das FMs, que antes constavam como rádios mais elitistas. Na era digital o sucesso é inegável, contando com mais de 20 milhões de visualizações no Youtube, mais de 600 mil menções em vídeos no TikTok, ultrapassando 1 milhão de execuções nas plataformas de streaming, além da viralização já mencionada do vídeo produzido de forma simples no próprio estúdio de Sabino. Em apenas uma semana, o vídeo alcançou de forma orgânica mais de 700 mil visualizações. Esse mesmo vídeo foi replicado por diversas outras páginas, fazendo com que a contagem de visualizações e alcance se tornasse fora de controle. Estima-se que hoje já tenha mais de 2 milhões de visualizações.

Regravada em francês, espanhol e até em grego, Reluz chega a 2022 com um novo fôlego, fazendo parte do novo trabalho do músico baiano Luiz Caldas, depois de ter sido interpretada durante esses anos por artistas como, Simony, Carrapicho, Alex Cohen, Byafra, Mara Maravilha e outros.

Este ano, para não deixar passar a data em branco, Marcos Sabino prepara uma turnê comemorativa, o lançamento de produtos exclusivos de 40 anos de Reluz em suas redes sociais, um vídeo inédito com participação de um grande músico da MPB, que ainda não pode ser revelado, e um projeto audiovisual em formato ao vivo a ser transmitido no seu canal do Youtube, que hoje já conta com mais de 23 mil inscritos.

FONTE: Abramus