Racismo: profissionais são afastados durante transmissão esportiva

Racismo: profissionais são afastados durante transmissão esportiva
reprodução YouTube

Por Rodney Brocanelli, Radioamantes

A equipe Feras do Esporte, que terceiriza o futebol da Rádio Bandeirantes, de Goiânia, divulgou uma nota em seu perfil do Instagram a respeito das manifestações racistas proferidas pelo narrador Romes Xavier e pelo comentarista Vinicius Silva contra o jogador Celsinho, que atua pelo Londrina. O desvio aconteceu durante a transmissão da partida entre Goiás x Londrina, válida pela série B do campeonato brasileiro, no último sábado (18). No final da noite, o clube emitiu uma nota de repúdio. Pouco depois, Romes e Vinicius foram aos seus respectivos perfis no Twitter e apresentaram suas desculpas (saiba mais aqui).

No entanto, os profissionais foram afastados de suas funções da equipe, conforme nota oficial emitida pela equipe Feras do Esporte nas redes sociais. “Não coadunamos com qualquer atitude racista, homofóbica ou algo relacionado. Motivos pelos quais conversamos com os profissionais que nos deram suas explicações e versões a respeito do ocorrido. Temos convicção de que ambos não o fizeram por maldade e nem com intenção de ofender o atleta, contudo, apesar de entendermos seus argumentos, achamos melhor afasta-los de suas funções dentro da equipe, decisão da qual já foram comunicados pela Direção da Equipe Esportiva(…)”. O texto é assinado por Nivaldo Carvalho, diretor de esportes. Leia a íntegra abaixo ou clique aqui.

A Equipe Esportiva @ferasdoesporte que tem parceria com a @radiobandeirantesgoiania no esporte vem a público se manifestar a respeito da conduta de dois profissionais das Feras em relação ao atleta Celsinho do @londrinaec . Por ocasião do jogo em Goiânia neste sábado 17 de julho com comentários que ofenderam ao jogador, bem como a Instituição Desportiva a qual o atleta presta serviços. Não coadunamos com qualquer atitude racista, homofóbica ou algo relacionado. Motivos pelos quais conversamos com os profissionais que nos deram suas explicações e versões a respeito do ocorrido. Temos convicção de que ambos não o fizeram por maldade e nem com intenção de ofender o atleta, contudo, apesar de entendermos seus argumentos, achamos melhor afasta-los de suas funções dentro da equipe, decisão da qual já foram comunicados pela Direção da Equipe Esportiva e pedimos desculpas em nome de todos da equipe @ferasdoesporte ao @londrinaec , bem como ao Celsinho, seus familiares, colegas e amigos.

Nivaldo Carvalho – Diretor de Esportes


Pouco depois, foi a vez da Rádio Bandeirantes, de Goiânia, divulgar a sua nota oficial via redes sociais. “A Radio Bandeirantes Goiânia, vem a publico(…) informar que repudia com veemência qualquer ato que possua cunho ou menção racista a qualquer pessoa, dentro ou fora do futebol’. O texto informa que a emissora solicitou que a equipe Feras do Esporte rescindisse o contrato do jornalista, assim no singular, enquanto que a própria equipe em sua manifestação diz que ambos (Romes e Vinicius) foram afastados (clique aqui).