Zilá Gonzaga morre aos 87 anos em Sorocaba

Zilá Gonzaga morre aos 87 anos em Sorocaba
Radialista Zilá Gonzaga — Foto: Câmara de Sorocaba

Conhecida como a "rainha do rádio", a radialista e cantora Zilá Gonzaga morreu na tarde de quinta-feira (13) por complicações de um câncer, em Sorocaba (SP).

Zilá tinha 87 anos de idade e mais de 60 à frente dos microfones. Ela trabalhou em várias emissoras da cidade e a maior parte da carreira foi na tradicional Rádio Cacique.

Natural de Porto Feliz, Zilá nasceu Francisca Gonzaga e adotou o nome artístico para driblar a resistência do próprio pai que, inicialmente, não aceitava ter uma filha artista. Atuou em radionovelas nas principais emissoras paulistanas, como cantora em programas de auditório e, ainda, foi uma das primeiras locutoras da Ipanema FM, inaugurada no final dos anos 1980.

Pelos últimos 25 anos, apresentou programas de entretenimento nas Emissoras Cacique -- "Show de Mulher", no AM, e "A Hora do Rei", no FM, dos quais estava afastada há aproximadamente um ano, em razão da pandemia da Covid-19.

FONTE: G1 e Jornal Cruzeiro do Sul